Indonésia combate pesca ilegal de forma exemplar

As autoridades de Jacarta fizeram explodir 41 barcos pesqueiros chineses, vietnamitas, taliandeses e filipinos apanhados a pescar ilegalmente nas suas águas territoriais.

O governo de Jacarta, capital da Indonésia, optou por uma acção mais musculada, esta semana, no combate ao cada vez maior número de barcos de pesca estrangeiro que entram nas suas águas territoriais para pescar ilegalmente.

Assim, numa operação que envolveu vários navios da marinha de guerra e da guarda costeira, fez explodir 41 barcos de pesca, provenientes da China, Vietname, Tailândia e Filipinas, apanhados a pescar ilegalmente.

indonesia_combate_pesca_ilegal




O Presidente indonésio, Joko Widodo, adoptou esta abordagem de linha dura para a pesca ilegal desde que assumiu a presidência em Outubro e prometeu acabar com esta prática que tem um custo de milhares de milhões de euros por ano à economia do país.

Além disso, as autoridades dizem que os estrangeiros que pescam ilegalmente nas águas da Indonésia são parcialmente responsáveis pelos enormes prejuízos para o meio ambiente por usarem explosivos na pesca.

A China já protestou contra as medidas extremas tomadas pela marinha da Indonésia contra os seus barcos de pesca e Pequim exige esclarecimentos oficiais de Jacarta sobre o que levou à destruição dos barcos que pescavam nas águas daquele país do sudeste asiático.




Fonte: SÁBADO | FOTO: Reuters

Comentários

comentários

Deixar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *