Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

IPMA liberta na costa algarvia milhares de sargos e corvinas produzidos em aquacultura

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) vai libertar milhares de peixes produzidos em aquacultura para repovoamento das populações naturais de espécies capturadas pela frota da pequena pesca na costa algarvia.



// ]]>

Aquacultura-Estação-Piloto-de-Piscicultura-de-Olhão

A operação de repovoamento piscícola em grande escala está prevista para dia 6 de Agosto, data em que o IPMA irá libertar cerca de 25.000 juvenis de sargo (Diplodus sargus), com 10-20 gramas, e de corvina (Argyrosomus regius), com 10-40 gramas, na Área Piloto de Produção Aquícola (APPA), instalações de aquacultura em mar aberto (“offshore”) localizadas ao largo da Ilha da Armona em Olhão.

Estes exemplares juvenis de sargo e corvina foram produzidos na Estação Piloto de Piscicultura de Olhão (EPPO) e irão ser libertados numa zona da APPA que engloba um sistema de recifes artificiais previamente implantado pelo IPMA e “longlines” para produção de bivalves (mexilhão e ostra), visando «simultaneamente proporcionar abrigo e proteção e disponibilizar alimento natural aos peixes libertados».

Segundo o IPMA, há ainda a «vantagem adicional» desta zona ser interdita à pesca, aumentando a probabilidade de adaptação destes peixes produzidos em cativeiro ao meio natural.



// ]]>

A libertação destes peixes juvenis irá ser realizada pelo navio de investigação pesqueira do IPMA (“NI Diplodus”) e contará com o apoio logístico da empresa “Tunipex”.

Esta operação de libertação de juvenis de sargo e corvina para repovoamento das populações naturais destas espécies visa, em primeiro lugar, «verificar a exequibilidade deste tipo de ações e avaliar a adequada adaptação dos peixes libertados às condições do meio natural, tendo por objetivo primordial induzir um impacto positivo nas populações exploradas pela frota da pequena pesca ao longo da costa algarvia».

Com efeito, explica o IPMA, «o sucesso destas iniciativas de repovoamento de espécies piscícolas com elevada procura e valor comercial poderá contribuir significativamente para a exploração equilibrada dos recursos pesqueiros, bem como para a promoção da sustentabilidade socioeconómica da frota da pequena pesca e consequente aumento dos rendimentos provenientes desta importante actividade para as comunidades piscatórias locais».

Os peixes foram produzidos no âmbito dos projetos:

>>Projeto-piloto de cultivo de corvina em vários sistemas de produção – “AQUACOR”. PROMAR 31-03-05FEP-003
>>Projeto Cooperação Transfronteiriça Algarve – Andaluzia. – BONAQUA – Cooperação Transfronteiriça para o Desenvolvimento de Boas Práticas Sanitárias em Aquacultura Marinha. PROJETO 0433-BONAQUA-5-E. POCTEP, FEDER



// ]]>

Fonte: SUL INFORMAÇÃO | IPMA

Comentários

comentários

Deixar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *