Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Pesca do Sável na Ria de Aveiro

A pesca do sável é praticada por vários pescadores da Murtosa (cerca de 30 embarcações) que ancoram as suas bateiras no cais do Bico e do Chegado.

Esta pesca é feita entre os meses de Janeiro e Maio, altura do ano em que este peixe entra na ria para desovar no rio Novo.

Não é um peixe muito abundante, pelo que os pescadores apenas pescam os peixes maiores (a malhagem da rede é de 130 a 140mm).

Esta pesca é feita de preferência à noite, para os peixes não verem a rede. Quando as águas estão mais agitadas e mais turvas é possível fazê-la durante o dia.

A pesca é feita durante a enchente e a rede vai à deriva com uma bóia de sinalização no início e a outra extremidade presa ao barco. Muitas vezes o pescador segura com a mão a extremidade da rede para sentir quando o peixe fica preso à rede.

Entre o largar e o colher, a que se chama lanço, decorrem cerca de 15 a 20 minutos; num dia de pesca fazem-se vários lanços.

Uma rede desta custa cerca de 800 euros. Para trabalhar é necessária uma “bateira caçadeira”, com a seguinte estrutura:

– 12 cavernas
– Até 7 m de comprimento
– 1,80 m de boca
– 45 cm de pontal

A bateira custa cerca de 3.000 euros e é accionada por um motor de 4 a 15 cv, no valor de cerca de 2.500 euros. Ao conjunto de apetrechos com que uma bateira deve ser dotada para passar na vistoria, chama-se “parlamenta” e custa cerca de 500 euros.

Anualmente é necessário proceder a uma vistoria que custa cerca de 80 euros, para efeitos de renovação de licença, a qual só é renovada se o pescador tiver declarado o mínimo de 5.000 euros de pescado na lota.







Comentários

comentários

Deixar comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *